sábado

O Poder do Perdão





O Poder do Perdão

O ser humano tem sede de relacionar-se, porém nem sempre é fácil ter êxito nos relacionamentos pois os broblemas vão surgindo durante a caminhada da vida. Quando os problemas surgem as pessoas tentam resolve-los de diversas maneiras como por exemplo:
-Fugindo pois adquirem o medo de serem confrontadas,
-Lutando com suas próprias forças e por falta de orientação essas lutas vão se tornando inúteis.
-Desistindo, tentam sepultar os problemas o que é uma atitude um tanto quanto covarde.
-Lançam a culpa no outro não assumindo os próprios erros.-Ficam tristes e até deprimidas o que pode tornar-se muito destrutivo.-Vingam-se o que é letal-Comunicam-se de forma ameaçadora e orgulhosa o que também não resolve nada.
O melhor passo para resolver os problemas que vão surgindo no relacionamento é perdoar. Pois quando não perdoamos cravamos uma dor surda dentro da alma ficamos como escravos dessa dor. A falta de perdão é algo tão profundo, que é capaz de levar muitas pessoas a ficarem doentes, causa tribulações ao espírito entristece nosso rosto e a rotina da nossa vida. Apenas quando perdoamos nos tornamos livres e colocamos fim a nossa dor. Perdoar é conceder o perdão gratuito a outra pessoa sem reivindicar nada em troca.Se alguém foi injusto com você e te magoou injustamente, saiba que a culpa não é sua, a culpa foi do agressor e o melhor a fazer para ser feliz é perdoar. Leve a ofensa, ferimentos e memórias dolorosas até Deus e   então siga sua vida. Passos para o perdão:
a) Decida perdoar- O perdão é um ato de vontade e não um sentimento, você não precisa sentir vontade para liberar o perdão, basta decidir perdoar quem te magoou. Nossas emoções podem até gritar dentro de nós para desistirmos de perdoar achando que não vale a pena fazê-lo, mas acredite decida perdoar e você sentirá um grande alivio.b) Submeta-se a Deus: Lembre-se de como Jesus te perdoou! Contemple o Senhor Jesus na Cruz e medite na atitude para com aqueles que o faziam sofrer: Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem! Aquelas pessoas que cercavam a cruz odiavam Jesus, mas esse ódio não conseguiu contaminá-lo, o veneno dos  sentimentos daquelas pessoas não tocou Jesus, é incrível como a bondade e a misericórdia de Cristo permaneciam intactas. Em meio a suas dores ele continuava amando aquele povo que o rejeitara. Nada pôde azedar o caráter de Cristo, a boa vontade ainda reinava em seu coração que nunca entregou-se a vingança. Ele intercede por todos nós até hoje.
c) Libere a ofensa: Após perdoar apague a divida que a outra pessoa lhe deve. Apague a divida pessoal, moral e relacional que a outra pessoa tem em relação a você. Contemple também a atitude de Cristo para com o ladrão que estava ao seu lado na hora de sua morte. Jesus olhou para ele e disse: hoje mesmo estarás comigo no paraíso!Em meio ao seu sofrimento Jesus preocupou-se com aquele homem. O rosto de Cristo já estava desfigurado, suas dores eram muitas, mas ele ainda era o médico dos médicos, e então  quando houve trevas por toda a terra, o poder do perdão de Cristo entrou no coração daquele ladrão. Cristo nos concede a graça de poder agir como ele. Assim como Cristo perdoou devemos também perdoar, sua graça deve ser contínua em nós. Cristo nos perdoou sem vingança, não se queixou de nós, seu perdão não foi falso nem tão pouco apenas de palavras, ele esqueceu nossas dividas , apagou nosso registro de erros e nos ensinou a perdoar. Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete. 6:14 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós.Com amor e ternura Adriana